Estágios Remunerados São Considerados Empregos

Os estágios podem ajudar os alunos a adquirir experiência prática.

Estágios são ótimas oportunidades que permitem que os indivíduos apliquem suas habilidades e conhecimentos a contextos práticos. Seja ele pago ou não, a aquisição de um estágio pode ser o primeiro passo de um indivíduo ao entrar em uma ocupação ou indústria específica. A relação contratual entre um empregador e um estagiário é o fator decisivo para determinar se o relacionamento se enquadra na definição de vínculo empregatício.

Oportunidades de trabalho

Estágios são oportunidades de trabalho temporário para permitir indivíduos, inclusive estudantes universitários e recém-formados. , para ganhar experiência em suas carreiras. Estágios são considerados oportunidades de trabalho a tempo inteiro ou a tempo parcial. As oportunidades de trabalho podem ser afiliadas a faculdades e universidades, onde os alunos são supervisionados por professores universitários durante toda a sua experiência de trabalho; Geralmente, esses tipos de oportunidades de trabalho não são remunerados e os estudantes obtêm crédito acadêmico em vez de remuneração. Alternativamente, os indivíduos podem adquirir oportunidades de estágio remunerado que podem ser afiliadas a uma instituição educacional.

Emprego

Nem todas as oportunidades de trabalho equivalem a oportunidades de emprego. As oportunidades de trabalho podem ser classificadas como pagas ou não pagas. Estágios não remunerados destinados a permitir que os estudantes obtenham crédito acadêmico não se enquadram no significado de emprego. Um contrato de trabalho entre um empregador e um empregado existe quando o empregado executa serviços para o empregador e o empregador fornece compensação pelo trabalho

Estágios remunerados

Um estágio remunerado é considerado emprego quando o estagiário celebra um contrato com um funcionário. empregador e realiza o trabalho em troca de compensação. O estagiário deve ter uma relação de emprego contratual com um empregador e receber alguma forma de compensação

Emprego Permanente

A maioria dos estágios não são oportunidades de emprego permanentes e, em muitos casos, acontecem apenas uma pequena parte do ano. Se a relação de emprego entre um estagiário e um empregador durar mais do que um trimestre acadêmico ou semestre, os empregadores geralmente estabelecem um prazo específico, como um ano, para que os estagiários concluam o estágio. Se o estágio é permanente ou não-permanente, quando o estagiário recebe uma remuneração, ele se enquadra na definição de emprego.

Estipêndios

Algumas instituições de ensino estimulam os estudantes a obter estágios em empresas, e as faculdades ou universidades pagam pequena quantia de estipêndio aos estagiários. Estes são considerados estágios remunerados, embora os estagiários possam não receber remuneração da própria empresa. Nestes casos, as instituições de ensino têm relações contratuais com as empresas, e as faculdades fornecem à empresa estagiários. Se a faculdade ou universidade paga aos estagiários uma pequena bolsa para completar estágios para empresas específicas, o estagiário tem uma relação de emprego com a instituição.