As Úlceras De Roedores Em Gatos São Contagiosas?

Estou tão feliz por termos nos livrado daquela úlcera de roedores. Isso estragou minha beleza

Se o seu gato desenvolve úlceras de roedores, não é porque ele de alguma forma está consumindo ratos ou camundongos secretamente. "Úlcera de roedor" é apenas um dos vários nomes usados ​​para descrever o complexo de granuloma eosinofílico felino. É também conhecida como uma úlcera indolente. Não é contagioso. As causas das úlceras de roedores variam

Complexo de Granuloma Eosinofílico

O complexo de granuloma eosinofílico compõe três doenças de pele separadas em felinos, um dos quais é a úlcera de roedor. Segundo o site Veterinary Partner, EGC é "uma condição incompletamente compreendida", melhor vista como "um sintoma extremo de doença alérgica da pele". Os eosinófilos, um tipo de glóbulo branco, funcionam como parte do sistema imunológico do gatinho. Quando o corpo sinaliza que parasitas ou alérgenos invadiram, os eosinófilos entram no ataque, liberando substâncias químicas para repelir os invasores. Com alérgenos, a atividade dos eosinófilos, por vezes, sai pela culatra, causando úlceras de roedores. Esse nome vem de uma antiga crença de que essas úlceras foram causadas por vírus que os gatos pegaram comendo ratos e camundongos.

Sintomas

Uma úlcera de roedor começa como um ponto, geralmente no lábio superior do gatinho. Manchas também podem aparecer no lábio inferior, dentro da boca ou na língua. Eventualmente incha e ulcera, tornando-se uma ferida. Embora sem graça, não causa dor ao gatinho. Seu veterinário geralmente faz um diagnóstico apenas por exame físico. Como a bactéria bartonella, também conhecida como febre da arranhadura do gato, causa lesões semelhantes, seu veterinário deve testar seu gato. Se o seu gato apresentar um teste positivo para a bartonela, os antibióticos geralmente eliminam as feridas.

Causas

As úlceras de roedores costumam ser o resultado da reação do gatinho a certos alérgenos. Ele pode sofrer de alergias a pulgas ou alimentos, ou algo em seu ambiente. Alguns gatos afetados podem ter distúrbios imunológicos ou predisposição genética para essas úlceras. Se o gatinho desenvolve essas úlceras a cada primavera e outono, é provável que haja uma reação de pólen ou mofo. Você deve pedir ao seu veterinário para conduzir testes de alergia no gatinho antes que o tratamento real comece.

Tratamento

O tratamento depende da causa. No caso de alergias a pulgas, a aplicação de um produto tópico mensal para pulgas pode permitir que a úlcera cicatrize. Se você pode identificar uma alergia alimentar, uma mudança de dieta faz o truque. Claro, nem sempre é assim tão simples. Seu veterinário geralmente prescreve um antibiótico para se livrar de qualquer infecção bacteriana e cortisona ou outros esteróides para limpar a úlcera. Você pode dar o seu gato over-the-counter suplementos ácidos graxos, como peixe ou óleo de semente de linho para ajudar na cura. Se a úlcera persistir após os tratamentos padrão, seu veterinário poderá considerar a radiação ou a cirurgia, juntamente com medicamentos como a ciclosporina.